logotipo
33 anos de rock'n'roll

Edição Atual

Música do Dia


STRATOVARIUS - Under Flaming Skies

  • Rhapsody: confira o videoclipe de “Dawn of Victory” gravado em SP

    Quarta, 21 de junho de 2017
  • Graspop Metal Meeting: encerramento da edição deste ano

    Quarta, 21 de junho de 2017
  • Sepultura: banda em ótima forma em show no Audio Club em SP

    Terça, 20 de junho de 2017

Sabaton: em dia de homenagens, faz show energético em Curitiba

SABATON

Music Hall, Curitiba/PR (03/11/2016)

 

Texto por Gustavo Maiato e fotos por Victória Heloise

 

A noite foi de grande festa tanto para os caras do Sabaton quanto para seus fãs, que lotaram o Music Hall em Curitiba e não pararam de cantar e pular ao longo das 16 músicas que cobriram cinco dos oito álbuns da carreira dos suecos. Para a banda a festa começou mais cedo, quando foram convidados ao Museu do Expedicionário, atração na cidade que preserva a memória dos brasileiros que lutaram e morreram na Segunda Guerra. Os suecos têm uma música sobre nossas “Cobras Fumantes” e foram condecorados com a maior medalha de honra do museu, além de conhecer alguns dos nossos combatentes. Muito legal essa troca de homenagens.

 

Voltando para o show, o vocalista Joakim Brodén é sempre uma atração à parte e mostrou que há humor nas frias terras nórdicas. Ao apresentar o novo guitarrista Tommy Johanson, ele disse que os brasileiros costumam falar “pica das galáxias” se uma mulher te oferecer bebida em um bar (Cuma?) e ao receber uma camisa de um fã com a estampa de seu rosto impressa, Joakim brincou: “O tamanho é G? Poxa, eu visto M...”, arrancando risadas do público. Dono de uma voz grave e rasgada, ele destoa do imenso cardápio de vozes agudas que o power metal costuma oferecer e seu timbre cai muito bem nas letras sobre guerras e personagens históricos. O baixista veterano Pär Sundströn também chamou atenção com seu baixo nas cores amarelo e azul da bandeira sueca onde, apropriadamente, se lia “Swedish War Machine”.

 

Antes do Sabaton, a abertura ficou por conta da Semblant, banda local com um pé fora do underground que faz muito sucesso na internet com clipes chegando a sete milhões de visualizações. O formato com dois vocalistas (um de cada sexo) engrandece suas composições e proporciona momentos muito inspirados como em Dark Of The Day, que tem um belo refrão. A banda ainda contou com a performance de uma dançarina que fez uma espécie de dança do ventre, pena que o palco reduzido impediu uma maior desenvoltura da moça. O maior problema, no entanto, foi a falta de interatividade entre os membros e a pouca presença de palco, que dispersa um pouco o público e destoa do altíssimo nível de suas composições. A vocalista Mizuho Lin tem um bom timbre que cai muito bem no gothic metal com pitadas de death que a banda apresenta. É uma banda que com certeza ainda vai muito longe.

 

Quando In The Army Now da banda Status Quo chegou aos alto falantes como que convocando todos para o show, a expectativa aumentou para a entrada do Sabaton. Depois da introdução, a banda chegou quebrando tudo com Ghost Division, do álbum The Art of War. Joakim dava socos em sua perna cheio de energia ao ritmo da música e já tinha a plateia na mão. A dobradinha do último álbum The Last Stand veio a seguir com Sparta e Blood of Bannockburn. Na primeira o público ajudou nos gritos de guerra que acompanham a introdução e na segunda a dupla de guitarristas Tommy e Chris Rörland foi destaque nos solos e no riff inicial.

 

No maior estilo improviso ensaiado, Joakim disse que o guitarrista novato Tommy poderia escolher a próxima música já que era a primeira tour dele na América do Sul com a banda. O músico escolheu Swedish Pagans (que novidade!) e os fãs cantaram alto e acompanharam com muitas palmas. Alguém na plateia jogou uma bandeira da Suécia e Joakim prontamente colocou nas costas feito capa de super-herói e foi assim que ele cantou Carolus Rex. A música é um pouco mais lenta e é iniciada com viradas inspiradas do baterista Hannes Van Dahl. O dono das baquetas é bastante conhecido pelo bom trabalho no álbum Glorius Collision dos também suecos do Evergrey e vai ser papai em breve, já que sua namorada Floor Jansen (Ex-After Forever, Nightwish) já exibe uma barriguinha.

 

Da água para o vinho, 40:1 aumenta a velocidade e bota Hannes para malhar as pernas no bumbo duplo. Entre as rodinhas de mosh do público em êxtase, ouviam-se os versos do refrão: “Death and glory, Soldiers of Poland”. O clima do show era sempre lá em cima, com pouquíssimas músicas lentas e definitivamente nenhuma balada. O Music Hall, é bem verdade, não ajudou muito por ter o palco bem modesto que impede grandes evoluções da banda. Além disso, o espaço é acanhado e tem uma arquitetura muito esquisita, com o palco na diagonal e a área vip muito mal posicionada. A banda, que não tinha nada com isso, caprichou no repertório. Shiroyama e Resist And Bite agradaram muito, pena que a banda não possui um tecladista no palco e os sons do instrumento sejam apenas playbacks.

 

Em mais um momento de descontração, Joakim pegou uma guitarra branca e chamou Chris para um duelo. A plateia, é claro, ficou do lado do vocalista e vaiava quando Chris mostrava toda sua habilidade com a palheta. Joakim aproveitou para tocar o clássico riff de Smoke On The Water e ainda cantou Master Of Puppets, botando a plateia para cantar os primeiros versos. De volta ao repertório, Winged Hussars, do último álbum, também foi muito bem recebida e a essa altura o povo já estava gritando “A cobra vai fumar!” pedindo por Smoking Snakes. Agora com uma bandeira do Paraná nas costas, Joakim finalmente cantou os versos que falam de nossa história para delírio dos fãs. Ponto alto da apresentação. No final, ele ainda deu seus clássicos óculos escuros para a dupla de fãs que o presenteou com a camisa no início do show em uma atitude muito bacana.

 

Foi uma apresentação como reza a cartilha do power metal, com muita animação e cantoria que com certeza divertiu todo mundo. Até quem não conhecia o repertório de cor, saiu cantando as melodias marcantes das músicas. Alguns problemas pontuais alheios à banda ocorreram como o início do show uma hora antes do previsto (começar antes também é um problema) e o palco que impede uma maior movimentação da banda. Pequenos problemas de lado, a segunda passagem do Sabaton por Curitiba teve saldo positivo e vai ficar na memória da banda tanto pela animação e resposta do público quanto pelas homenagens e o carinho que receberam.

 

Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (1).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (10).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (11).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (12).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (13).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (14).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (15).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (16).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (17).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (18).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (19).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (2).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (20).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (21).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (22).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (23).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (24).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (25).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (26).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (27).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (28).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (29).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (3).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (30).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (31).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (32).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (33).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (34).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (35).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (36).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (37).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (38).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (39).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (4).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (40).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (41).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (42).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (43).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (44).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (45).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (46).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (47).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (48).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (49).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (5).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (50).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (51).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (52).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (53).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (54).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (55).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (56).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (57).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (58).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (59).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (6).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (60).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (61).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (62).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (63).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (64).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (65).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (66).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (67).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (68).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (69).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (7).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (70).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (71).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (72).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (73).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (74).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (75).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (76).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (77).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (78).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (79).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (8).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (80).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (81).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (82).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (83).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (84).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (85).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (86).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (87).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (88).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (89).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (9).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (90).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (91).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (92).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (93).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (94).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (95).jpg Sabaton_Curitiba _Victoria_03-11-16  (96).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (1).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (10).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (11).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (12).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (13).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (14).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (2).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (3).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (4).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (5).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (6).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (7).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (8).jpg Semblant_Curitiba _Victoria_03-11-16   (9).jpg

 

ATENÇÃO!!!
Para postar um comentário sobre esse texto, você precisa fazer seu LOGIN no site.

Próximos Shows
Sem Eventos
Busca no site