logotipo
33 anos de rock'n'roll

Edição Atual

Música do Dia


ROBERT PLANT - The May Queen

  • Scream Of Agony Fest: Eternal Darkness DCLXVI e mais em SP

    Terça, 22 de agosto de 2017
  • Ouça gravação inédita de Lemmy Kilmister com guitarrista do Headcat

    Terça, 22 de agosto de 2017
  • Ouça agora o novo single de Robert Plant “The May Queen”

    Segunda, 21 de agosto de 2017

Joe Satriani: mestre da guitarra se apresentou em São Paulo

JOE SATRIANI

Espaço das Américas, SP/SP (07/12/2016)

 

Texto por Angelo Costa Saggio e fotos por Pati Patah

 

Difícil descrever o mestre, professor, gênio, maestro e muitos outros adjetivos que atribuímos a Joe Satriani,com já incríveis 60 anos e uma carreira de ouro passando Deep Purple, Sammy Hagar, Chickenfoot, G3 e muitos outros, contribuindo de forma brilhante. Uma carreira solo e tanto com álbuns perfeitos, só pra citar alguns como The Extremist, Flying in a Blue Dream, Surfing with the Alien, Joe Satriani, Crystal Planet e muitos outros.

 

Nesta nova passagem em nossas terras, veio divulgar o petardo Shockwave Supernova, lançado no ano passado. Trouxe uma banda de músicos de muito talento com Mike Keneally (ex Frank Zappa) no teclado e guitarra, Marco Minnemann nas baquetas e Bryan Beller (Aristocrats) nas 4 cordas. Além de São Paulo, também tocaram em Porto Alegre e Curitiba,passando por Argentina, Chile e Uruguai.

 

Vamos ao show.

 

Exatamente às 21:10 tem inicio a apresentação. A galera faz aquele agito na introdução com uma linda animação no telão e o mestre e banda entram mandando a pesada sonzeira Shockwave Supernova, com uma ótima qualidade do som na casa.

 

A distorção e primeiras notas indicam que tem clássico na área com Flying in a Blue Dream, com notas e solos de melodias ricas para viajar e tudo isso acompanhado de uma bela retaguarda de músicos de primeira. Mais clássico com Ice 9, onde Joe agita e vibra com seu brinquedo, mostrando toda sua técnica e algo mais além da técnica. As linhas de baixo fazem a galera agitar, além do duelo com Mike Keneally na outra guitarra.

 

Muito ovacionado, cumprimenta a galera que retribui com muitos aplausos e Joe aproveita e apresenta a banda. Na cola, despeja a rifferama batizada Crystal Planet, com notas e solos empolgantes e no fim, muitos aplausos sempre.

 

Na seqüência, chega a pedrada On Peregrine Wings, com o baterista Marco Minnemann dando um show e sentando a mão com propriedade. Joe, nem se fala, e a galera impressionada não para de aplaudir.

 

Joe diz tem som de 92 chegando e manda uma das melhores melodias que já compôs de nome Friends, aquele riff agradável e que você quer que nunca acabe, lindo e vibrante pra homenagear os amigos. As batidas do Marco Minnemann empolgam a galera e anunciam a canção If I Could Fly, com o baixista Bryan Beller pedindo pra galera agitar e o show fica melhor ainda quando novamente Mike Keneally vem com sua guitarra pra frente do palco e também debulha seu instrumento, ganhando merecidas palmas da galera que ficou de pé.

 

Joe apresenta novamente Mike Keneally que aproveita e anuncia a canção de amor como ele mesmo diz Butterfly and Zebra. A próxima chega com Cataclysmic, cheia de notas intrincadas, intensas e um riff eficiente. Enfim, chega Summer Song, clássicos dos clássicos que a galera pira, época em que Joe era cabeludo. Legal foi ver o clipe no telão e voltar aos anos 90, além da sua melodia que é super cativante.

 

Uma pausa onde temos o solo do exímio baterista Marco Minnemann que debulha e brinca com seu kit, mostrando muita técnica e feeling encantando a galera com um momento bem legal quando solta um dos pratos, ele até segura e depois joga no chão. Joe entra pra ajudar a colocar o prato novamente, mas ele desencana e toca sem aquele prato mesmo. No fim, os presentes aplaudem com louvor. Na seqüência, som das novas com Crazy Joey, com direito a clipe no telão, rápida e perfeita.

 

Solo de teclado chegando com o multi instrumentista Mike Keneally extraindo melodias incríveis e na cola, o baixo maravilhoso de Bryan Beller puxa notas e linhas incríveis, fazendo a ponte pra Joe detonar na sonzeira Luminous Flesh Giants, aquela aula de música e sincronia da banda.

 

Clássico dos clássicos é despejado com Always With Me, Always With You, a galera faz aquele coro em uma daquelas melodias que passa muita emoção e te faz desconectar por uns minutos, perfeita e única, onde os presentes não pararam um segundo.

 

Um baita solo do baixo poderoso de Bryan Beller chega fazendo conexão pra Joe entrar com as notas clássicas de Deep Purple, Hendrix e AC/DC, pra depois sair um duelo e tanto de guitarra e baixo e ao fundo, um telão com o imagens psicodélicas pra te fazer viajar nas melodias clássicas do rock.

 

Juntos, todos os membros da banda chamam a galera pra agitar na pedrada Crowd Chant, onde a galera não parou e agitou e fez coro nesse riff perfeito e intenso. Joe pede agito da galera pra destilar as notas do clássico Satch Boogie, aquele momento do show que você diz : vai tocar assim lá na casa do carvalho, com direto até dentada na guitarra. Ao fim, Joe apresenta a banda e a banda o apresenta com os presentes gritando “Joe, Joe”. A banda dá uma pequena saída e logicamente a galera pede mais de forma bem intensa.

 

Após uma pequena pausa, voltam com a sonzeira Big Bad Moon, cheia de swing com sua veia blues nas alturas, com direito a Joe nos vocais e gaita.

 

Pra finalizar não poderia ser melhor com seu clássico dos clássicos Surfing With the Alien, com direito até clipe no telão e aquele solo que te faz vibrar, gritar e bater muita cabeça, uma emoção e tanto ver um grande gênio das 6 cordas.

 

Ao final, a galera grita sem parar “Joe, Joe” com muito merecimento e assim finalizam às 23:15, com um pouco mais de 2 horas que passaram de forma muito rápida.

 

Um show com muitos clássicos, músicos incríveis, um público muito apaixonado pela música de extrema qualidade e Joe com muita simpatia e nunca exagerando, tocando sempre de forma eficiente e direto ao ponto, fazendo a alegria da galera.

 

Tomara que volte logo por aqui, pois é bom demais ver o mestre careca da guitarra.

 

Set List

 

1-Shockwave Supernova

2-Flying in a Blue Dream

3-Ice 9

4-Crystal Planet

5-On Peregrine Wings

6-Friends

7-If I Could Fly

8-Butterfly and Zebra

9-Cataclysmic

10-Summer Song

11-Solo de Bateria (Marco Minnemann)

12-Crazy Joey

13- Solo de teclado (Mike Keneally)

14-Luminous Flesh Giants

15-Always With Me, Always With You

16-Solo de baixo (Bryan Beller)

17-Crowd Chant

18-Satch Boogie

 

Bis:

19-Big Bad Moon

20-Surfing With the Alien

 

IMG_8655_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8656_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8667_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8671_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8679_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8687_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8688_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8691_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8695_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8713_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8718_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8740_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8743_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8744_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8746_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8758_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8774_JOESATRIANI2016_900.jpg IMG_8775_JOESATRIANI2016_900.jpg

 

ATENÇÃO!!!
Para postar um comentário sobre esse texto, você precisa fazer seu LOGIN no site.

Próximos Shows
Sem Eventos
Busca no site