logotipo
33 anos de rock'n'roll

Edição Atual

Música do Dia


ENSIFERUM - Way Of The Warrior

  • Ouça agora o novo single de Robert Plant “The May Queen”

    Segunda, 21 de agosto de 2017
  • Black Sabbath: novo trailer do filme “The End of The End”

    Segunda, 21 de agosto de 2017
  • Six Feet Under: novo álbum “Torment” lançado no Brasil

    Domingo, 20 de agosto de 2017

Samsara Blues Experiment: uma viagem lisérgica no Rio de Janeiro

SAMSARA BLUES EXPERIMENT
Cais do Imperatriz, RJ/RJ (12/03/2017)


Texto por Luiz Mallet e fotos por Fred Borges


Era um domingo quente e mais um show inédito e esperado invadia o Rio de Janeiro. Os alemães do Samsara Blues Experiment aportavam em terras cariocas para trazer seu stoner com altas doses de psicodelia; e não estavam sozinhos! Traziam em sua cola também as bandas Aura e Psilocibina, ambas oriundas do Estado da Guanabara, mas não menos insanas e delirantes quanto a atração principal.


As bandas de abertura destilaram seu veneno musical por completo enquanto o público bebia as cervas delirantes da Hocus Pocus, que também organizava o evento junto com a Abraxas e inclusive dava nome ao Festival: Hocus Pocus Festival. Embora o preço fosse um pouco alto, valia a pena pois a marca sabe fazer cerveja de forma digna!


O lugar também dava um charme ao evento. O escolhido dessa vez foi o Cais da Imperatriz e, se infelizmente tivemos alguns problemas com a energia (fazendo com que ficasse um pouco quente em certa hora do evento, por causa do sistema de refrigeração que também caia, junto com a luz), toda a beleza da área externa e do salão central aonde rolavam os shows faziam valer a pena.


O Samsara Blues Experiment subiu ao palco com algum atraso, mas nada que matasse a ansiedade ou a vontade de quem estava lá. Como as músicas são longas e densas viagens ao âmago musical do conjunto, o mesmo destilou apenas quatro músicas, sendo elas: Singata Mystic Queen, For the Lost Souls, Center of the Sun e Army Of Ignorance. Porém, o ataque sonoro foi o suficiente para fazer com que todos os presentes balançassem suas cabeças e curtissem toda a gama de detalhes que a banda oferece.


Muitos detalhes! O grupo, apesar de serem apenas três integrantes, faz com que sua música ecoe e soe de diferentes formas. Com muita influência de música indiana em seu som, o grupo nos leva para uma viagem lisérgica e intensa pela música lenta. Outro fato importante: ao vivo, o grupo parece dar um ganho nos seus timbres e tudo soa mais pesado, imponente e opressor. Decisão correta e acertada da banda.

 

Após um show delirante, o festival termina com a promessa de ser maior ano que vem. Que essa parceria incrível da Abraxas e Hocus Pocus não termine tão cedo e que outras bandas incríveis do cenário stoner ainda possam passar por terras brasileiras e principalmente cariocas, a psicodelia agradece.

 

samsara blues experiment RJ março 2017_-10.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-11.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-12.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-13.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-14.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-15.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-16.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-17.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-18.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-19.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-2.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-20.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-21.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-22.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-23.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-3.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-4.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-5.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-6.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-7.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-8.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_-9.jpg samsara blues experiment RJ março 2017_.jpg

 

ATENÇÃO!!!
Para postar um comentário sobre esse texto, você precisa fazer seu LOGIN no site.

Próximos Shows
Sem Eventos
Busca no site