logotipo
35 anos de rock'n'roll

Conheça nossas redes sociais!

Música do Dia


AC/DC - Soul Stripper

  • Homenagem ao Malcolm Young: música do dia é "Soul Stripper"

    Segunda, 20 de novembro de 2017
  • Confira entrevistas exclusivas com Accept, Implore e mais

    Domingo, 19 de novembro de 2017
  • AC/DC: guitarrista e fundador Malcolm Young faleceu aos 64 anos

    Sábado, 18 de novembro de 2017

Party San Metal Open Air: contagem regressiva para edição de 2017

Começou a contagem regressiva para a edição de 2017 do Party San Metal Open Air! Marcado para os dias 10 a 12 de agosto em Schlotheim na Alemanha, evento contará com nomes como Autopsy, Morbid Angel, Abbath, Candlemass, Possessed, Vital Remains, Insomnium, entre outros.

 

Maiores informações sobre o Party San Metal Open Air 2017 estão disponíveis no site oficial do evento.

 

 

O Party San é sempre prato cheio para fãs de metal extremo. No ano passado, bandas como Paradise Lost, Carcass, Obituary, At The Gates, Sodom e Dying Fetus participaram. A ROCK BRIGADE esteve presente na ocasião, e você pode conferir a resenha completa abaixo.

 

PARTY SAN METAL OPEN AIR 2016

Schlotheim, Alemanha (11,12 e 13/08/2016)

 

Texto por Caio Nadoti e fotos por Sérgio Tullula

 

Essa é a segunda vez que vou ao Party San e novamente tive boas impressões sobre o festival, nota dez para a organização e apesar de ser um festival menor do que outros que rolam na Alemanha, com certeza esse é o mais agradável em termos de ambiente, podemos andar sem medo de atolar em lama! Dessa vez o clima estava nublado e com temperatura mais baixa, ao contrário de 2015 que teve o tempo ensolarado e fez muito calor durante todos os dias do festival.

 

Para quem curte colecionar CDs, LPs e merchandising, no festival tem uma grande variedade de lojas vendendo muita raridade, dá para passar horas e horas “garimpando”, pois tem muito material disponível!

 

No primeiro dia do festival (quinta-feira) pude ver o show dos suecos do Mork Gryning que haviam encerrado as atividades em 2005 e voltaram à ativa em 2016.

 

Ainda no mesmo dia, vimos as bandas Gruesome (EUA) que faz um som bem death metal, Tribulation (Suécia), Necros Christos (Alemanha), Arcturus (Noruega), Mgla (Polônia), essa última não conhecia mas gostei muito do som, black metal com fortes influências de Bathory e Arckanum. Teve o Obituary também, apesar de já ter visto no Brasil, sempre bom vê-los novamente e em um festival, aparentemente tocam com mais energia.

 

A banda headliner do primeiro dia foi o Paradise Lost que tocaram cerca de uma hora, divulgando seu mais recente trabalho The Plague Within além de vários clássicos de toda carreira.

 

Após o dia inteiro de muito show e cerveja, hora de voltar ao hotel! Apesar do cansaço, não é difícil voltar, pegamos o ônibus que deixa a galera em alguns pontos próximos, incluindo a cidade vizinha Mühlhausen onde ficamos hospedados, tudo tranqüilo, sem bagunça, muito bem organizado como sempre.

 

Segundo dia, sexta-feira

 

Após uma boa noite de descanso, retornamos ao festival, para mais um dia de muito metal e cerveja!

 

As primeiras bandas foram: Spasm, Isvind (Noruega) que faz um som à la Darkthrone, Katalepsy que faz um som bem death metal no estilo Suffocation, Goatwhore (EUA) e o Angel Corpse que havia encerrado as atividades em 2009, retornando em 2015 fazendo a alegria de muitos fãs presentes! Tivemos também o Destroyer 666, marcando um dos melhores momentos do festival.

 

As últimas bandas do dia foram os alemães do Equilibrium, tocando músicas do novo álbum Armageddon além das clássicas do álbum Sagas que sem dúvida é o melhor álbum da banda. Para quem curte um bom folk/viking metal, recomendo ir atrás deles, que ao vivo não deixam a desejar.

 

Em seguida conferimos os shows do Dying Fetus, Exodus e encerrando a noite o Carcass! Tive a chance de ver o show deles no Brasil, então já tinha uma idéia do que esperar da apresentação deles, novamente, um grande show! Após, a única escolha era tomar a última cerveja e voltar ao hotel para descansar e voltar para o último dia do festival.

 

Terceiro e último dia, sábado

 

Chegando ao festival, já estava pronto para mais um dia marcante com muitos shows, mas antes, fui dar mais uma “garimpada” nos stands de CDs.

 

No sábado tocaram as seguintes bandas: Rectal Smegma, Iron Reagan, os gregos do Suicidal Angels, fazendo um grande show tocando diversos clássicos de toda carreira, vi-os pela primeira vez e superaram minhas expectativas! Em seguida teve o Memorian e os suecos do Nifelheim, banda que gosto muito e finalmente pude ver um show deles, realmente incrível!

 

Além dessas, se apresentaram também o Grave, Immolation e o Taake, este último surpreendente, não tive a chance de ver o show deles no Brasil, mas vi o Hoest com o Gorgoroth em uma ocasião que a banda foi para o Brasil com o Hoest substituindo o Pest.

 

Falando em Brasil, tivemos no cast os brasileiros do Rebaellium, infelizmente tocaram no palco menor, mas que arrastou um bom público e deu para ver que eles têm muitos fãs na Europa! Sem dúvida o show deles serviu para mostrar a importância e competência que a banda tem.

 

Após o show do Rebaellium, voltei para o palco principal para conferir o show do Sodom e a “saideira” com o At The Gates encerrando a noite.

 

Não tenho nenhuma crítica negativa sobre o festival, novamente foi fantástico, nota dez para a organização! Até breve!

 

IMG_8179.JPG IMG_8278.JPG IMG_8477.JPG IMG_8484.JPG IMG_8584.JPG IMG_8731.JPG IMG_8882.JPG IMG_9460.JPG IMG_9619.JPG IMG_9643.JPG

 

ATENÇÃO!!!
Para postar um comentário sobre esse texto, você precisa fazer seu LOGIN no site.

Próximos Shows
Sem Eventos
Busca no site