logotipo
35 anos de rock'n'roll

Conheça nossas redes sociais!

Música do Dia


EVIL INVADERS - Fast, Loud 'n' Rude

  • Judas Priest e Alice in Chains confirmam datas pelo Brasil

    Quinta, 21 de junho de 2018
  • Thorhammerfest traz o melhor do folk em duas noites em São Paulo

    Quinta, 21 de junho de 2018
  • Krisiun e Brujeria: bandas tocam juntas para fãs em São Paulo

    Segunda, 18 de junho de 2018

Kadavar: confira como foi o show da banda alemã em São Paulo

KADAVAR

Fabrique Club, SP/SP, 03/03/2018

Textos por Gil Oliveira e Elver Pierre, fotos por Gil Oliveira

 

Neste último sábado os alemães do Kadavar voltaram às terras brasileiras pra mais uma grande apresentação após sua apoteótica estréia, o que não deixou de ser diferente na promoção de seu recente trabalho Rought Times.

 

A abertura ficou por conta das bandas Disarter Cities de Chapecó SC, e do experiente Grindhouse de SP.

 

Sem atrasos, uma crescente microfonia veio dos “P.A.s”, um breve sinal para os ardorosos fãs se aproximarem, e ansiosamente esperarem o power trio adentrar ao palco e devagar tomarem seus postos, quando Skeleton Blues, a terceirta faixa do “mais novo” disco, foi executada com força e uma precisão que só os alemães possuem. Em seguida, Doomsday Machine do disco Abra Kadavar e Pale Blue Eyes do disco Berlin.

 

Como o prometido pela banda, o show passou por toda a discografia, o que agradou em cheio aos “nem tão antigos” fãs (Kadavar foi originada em 2012, na cidade de Berlin) e aos fãs mais novos.

 

Pelas características setentistas presentes em sua música, pelo “peso” dos tempos atuais e a organicidade; tanto instrumental quanto da própria composição, aparerentemente temos a impressão de presenciar uma banda de Hard/Prog Rock da época dos lendários Led Zeppelin, Black Sabbath e The Who, o que não deixa de ser grandes referências ao grupo, porém pela habilidade do grande baterista Christoph “Tiger” Barllet, que encara o público o tempo todo com uma forma peculiar de tocar, e a sensibilidade do frontman Christoph “Lupus” Lindermann; me deslocou sensitivamente para o que seria uma apresentação do início do maravilhoso power trio canadense, o Rush.

 

Temos a impressão da música permitir improvisações e arranjos inusitados ao vivo, o que não passa de uma breve percepção, pois se prestarmos atenção, o entrosamento e a marcação forte do baixo de Simon “Dragon” Bouteloup, não deixa dúvidas das competências e habilidades musicais do grupo são mais que exploradas, são determinantes, e que torna o grupo coeso e com uma sonoridade única.

 

Kavadar deixou de ser uma grande promessa pra se estabelecer como uma grande banda de rock n’ roll mundial.

 

Set List

Skeleton Blues

Doomsday Machine

Pale Blue Eyes

Into the Wormhole

Die Baby Die

Living In Your Head

The Old Man

Black Sun

Forgotten Past

Purple Sage

Thousand Miles Away From Home

All Our Thoughts

Come Back Life

 

IMG_5826.JPG IMG_5849.JPG IMG_5875.JPG IMG_5902.JPG IMG_5943.JPG IMG_5993.JPG IMG_5996.JPG IMG_6086.JPG IMG_6167.JPG IMG_6200.JPG IMG_6224.JPG IMG_6226.JPG IMG_6241.JPG IMG_6286.JPG IMG_6299.JPG IMG_6321.JPG IMG_6324.JPG IMG_6326.JPG IMG_6329.JPG IMG_6335.JPG IMG_6336.JPG IMG_6344.JPG IMG_6360.JPG IMG_6368.JPG IMG_6378.JPG

 

ATENÇÃO!!!
Para postar um comentário sobre esse texto, você precisa fazer seu LOGIN no site.

Próximos Shows
Sem Eventos
Busca no site