logotipo
35 anos de rock'n'roll

Conheça nossas redes sociais!

Música do Dia


MASTODON - Blood And Thunder

  • The Toy Dolls, H2O e Circa Survive marcam shows pelo Brasil

    Quinta, 19 de julho de 2018
  • Lobotomia: show no festival Obscene Extreme será transmitido online

    Quinta, 19 de julho de 2018
  • Immortal: novo álbum "Northern Chaos God" é #2 na Alemanha

    Terça, 17 de julho de 2018

Pearl Jam: show de carisma e competência no Lollapalooza 2018

LOLLAPALOOZA 2018

Autródomo de Interlagos, SP/SP (24/03/2018)

 

Texto por Marianna Franco

 

Com um cenário simples e esbanjando energia desde a primeira nota, a banda iniciou o show com 'Wash', seguida de uma trinca para fã nenhum botar defeito: 'Corduroy', 'Do The Evolution' e 'Why Go', sem dar respiro para o público estimado em 100.000 pessoas segundo a organização.

 

Como já é de praxe em todas as visitas do Pearl Jam ao Brasil, Eddie Vedder conversou em português com a platéia usando sua tradicional "cola" num pedaço de papel qualquer. Com um português razoável e às vezes hilariante, Vedder agradeceu ao idealizador do festival Perry Farrel - que se encontrava na lateral do palco - por ter "inventado o Lollapalooza". E disse se dirigindo ao público: "vocês estão na TV, vamos dar um 'oi' para nossas famílias", numa ausão ao fato do show estar sendo transmitido ao vivo via TV a cabo aqui no Brasil.

 

Em certo momento agradeceu também a David Byrne, eterno líder dos Talking Heads que tocou mais cedo em outro palco: "Obrigado a David Byrne pelo show. Ele é um gênio. Te amo David" e tocou o cover dos Heads 'Pulled Up'.

 

De volta à música, canções improváveis como 'Hold On' e a nova 'Can't Deny Me', hits certeiros do quilate de 'Once', 'Even Flow', 'Jeremy' e a sempre emocionante 'Black' rechearam o set list. Perry Farrel foi chamado ao palco para "comemorar seu aniversário adiantado", segundo palavras do próprio Vedder e além do "Happy Birthday" que ganhou do público, cantou 'Mountain Song' de sua antiga banda Jane's Addiction.

 

Já no bis, uma bela versão de 'Confortably Numb' do"meu amigo Roger Waters" em que o guitarrista Mike McCready brilhou no solo, sem dúvida um dos mais bonitos da história do rock n'roll! Seguiu-se então a arrasa quarteirões 'Alive', onde mais uma vez Mike McCready arrasou em sua performance, inclusive indo tocar nos braços da galera da primeira fila!

 

Fecharam a noite de maneira apoteótica com 'Babba 'O Riley' do The Who. Ainda rolou um trechinho de 'Yellow Ledbetter', que foi interrompida provavelmente por terem atingido o limite de tempo de show.

 

Com toda a certeza o Pearl Jam fica com o título de melhor show de rock da edição 2018 do Lollapalooza, e como disse o próprio Eddie Vedder ao fim do show: "Brasil hoje é a capital mundial do rock n'roll"

 

Set list:

01. Wash

02. Corduroy

03. Do the Evolution

04. Why Go

05. Mind Your Manners

06. Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town

07. Can't Deny Me

08. Even Flow

09. Mountain Song (Jane’s Addiction cover c/ Perry Farrell)

10. Breath

11. Pulled Up (Talking Heads cover)

12. Unthought Known

13. Jeremy

14. Sirens

15. Down

16. Better Man

17. Hold On

18. Black

19. Once

20. Lukin

21. Porch

22. Smile

23. Comfortably Numb (Pink Floyd cover)

24. Alive

25. Baba O'Riley (The Who cover)

26. Yellow Ledbetter (trecho)

 
Próximos Shows
Sem Eventos
Busca no site