logotipo
35 anos de rock'n'roll

Conheça nossas redes sociais!

Música do Dia


RHAPSODY - Dawn Of Victory

  • Rammstein: primeiro de inéditas em dez anos será mixado em dezembro

    Sábado, 17 de novembro de 2018
  • Solid Rock: festival agrada ao público com rock n roll em estilos diferentes

    Sexta, 16 de novembro de 2018
  • Orquestra Petrobras Sinfônica toca “Dark Side of The Moon” na íntegra

    Quarta, 14 de novembro de 2018

Dimmu Borgir: banda da Venezuela Cultura Tres abrirá show de SP

A banda norueguesa Dimmu Borgir, ícone do Black Metal mundial, realiza apresentação única no Brasil dia 9 de novembro, em São Paulo, no Tropical Butantã. O show faz parte da turnê sul-americana do novo álbum Eonian, que foi lançado pela Nuclear Blast/Shinigami Records. Neste show, em especial a banda venezuelana Cultura Tres abrirá a apresentação.

 

O Cultura Tres é formado por Alejandro Londoño (vocal e guitarras), Juan de Ferrari (guitarra), Darrell Lacle (baixo) e Benoit Martiny (bateria). A banda se tornou uma das bandas mais conhecidas do seu gênero na América Latina. Com suas raízes vindas da Venezuela, este quarteto desenvolveu uma sonoridade distinta, uma mistura avant-garde de metal, rock setentista, doom, psicodélico e folk sul-americanos. Tão natural quanto o seu som chegou as músicas da Cultura Tres, como foi surpreendente para os ouvintes fora do seu continente, que descobriram a sua música quando a banda estourou na cena underground com o álbum de estréia La Cura (2008).

 

Em 2013, a banda entregou seu terceiro disco Rezando al Miedo. Com oito faixas, o álbum estimula o ouvinte a embarcar uma jornada perturbadora da raiva à desolação. Atualmente, o Cultura Tres acaba de lançar seu quarto álbum La Secta através do selo londrino Everythingsucks e vem ao Brasil para apresentar suas novas músicas.

 

DIMMU BORGIR

 

Desde que fundaram o Dimmu Borgir em 1993, o guitarrista Silenoz e o vocalista Shagrath se mostraram mais interessados em derrubar barreiras do que em manter um status-quo predeterminado. Em entrevista à revista Roadie Crew, na edição #234, neste mês de julho, o guitarrista Silenoz disse que está realmente feliz em voltar ao Brasil.

 

“Estamos realmente felizes em poder voltar. Como disse antes, não costumamos excursionar tanto quanto outras bandas, então é sempre legal ter essa chance, tanto para nós quanto para os fãs. Estamos com um disco novo, e sempre buscamos evoluir, tanto em estúdio quanto no palco. Então, podem esperar por um ótimo show!”, disse o guitarrista.

 

A despeito das críticas positivas, a banda sempre continuou a evoluir e a crescer em todos estes anos e Eonian traz ainda mais mudanças. Sobre o quão trabalhoso é fazer um novo álbum do Dimmu Borgir, o guitarrista disse o seguinte para a revista Roadie Crew. “Tudo é um pouco complicado, mas como posso dizer... Nós gostamos de tudo, eu, pelo menos, gosto. Cada coisa tem certo apelo e, no fim das contas, é tudo parte de um mesmo processo, que é criar música e ser músico. Claro que a maioria fala dos shows, e eu amo estar no palco... Mas, você sabe, nós não somos uma banda que faz turnês massivas, nada gigantesco como muitas outras. Fazemos shows, mas numa base menor. Então, eu aproveito cada momento”, explicou.

 

O Dimmu Borgir volta ao país após seis anos para divulgar o novo disco Eonian, que tem canções como Interdimensional Summit, Council Of Wolves And Snakes e Lightbringer. Comemorando o 25º aniversário do Dimmu Borgir, o novo álbum lida com um conceito filosófico baseado na ilusão do tempo. Eonian foi produzido pela banda ao lado de Jens Bogren.


Fonte: Hoffman & O'Brian

 
Próximos Shows
Sem Eventos
Busca no site