logotipo
35 anos de rock'n'roll

Conheça nossas redes sociais!

Música do Dia


EVIL INVADERS - Fast, Loud 'n' Rude

  • Judas Priest e Alice in Chains confirmam datas pelo Brasil

    Quinta, 21 de junho de 2018
  • Thorhammerfest traz o melhor do folk em duas noites em São Paulo

    Quinta, 21 de junho de 2018
  • Krisiun e Brujeria: bandas tocam juntas para fãs em São Paulo

    Segunda, 18 de junho de 2018

The Byrds Celebration: show cheio de clássicos em São Paulo

THE BYRDS CELEBRATION

Estúdio Emme, SP/SP (14/05/2011)

 

Texto por João Gobo e fotos por Diego Gaona

 

O nome The Byrds, seguramente, evoca lembranças na memória dos entusiastas do rock produzido TheByrds_SP.jpg (1)durante as décadas de sessenta, setenta e posteriores. Assim como, também, estimula a curiosidade dos mais jovens em busca das raízes de um estilo tão diversificado quanto o rock n roll. Com uma trajetória contemporânea a nomes como The Beatles, Rolling Stones, Beach Boys entre outros, são considerados um dos mais influentes grupos dos anos sessenta, referência básica na discografia de qualquer amante do estilo. Prova disso foi a inclusão, em 1991, no Rock n Roll Hall Of Fame.

 

Atualmente capitaneado pelo guitarrista e vocalista Terry Jones Rogers e rebatizado como The Byrds Celebration, a banda que ainda conta com Scott Nienhaus (guitarra/vocal), Michael Curts (baixo/vocal) e Tim Politte (bateria/vocal) deram o ponta pé inicial na turnê brasileira com uma apresentação em São Paulo.

 

O show de abertura ficou a cargo da eclética Fenícios BandaTheByrds_SP.jpg (2) Quem, uma verdadeira big band, com cerca de nove integrantes no palco, que entreteve os presentes com clássicos do rock n roll nacional e internacional.

 

O Estúdio Emme tem se mostrado um ótimo lugar para shows mais intimistas, e não foi diferente dessa vez. Quem esteve presente foi brindado com uma ótima apresentação. A banda mostrou-se muito à vontade e extremamente receptiva. A sensação não era aquela típica de show, onde ocorre uma separação entre os músicos e o público, era como se todos ali fizessem parte integral de tudo.

 

O repertório foi recheado de clássicos, em sua maioria compostos por Bob Dylan, além de outras autorais como TheByrds_SP.jpgTambourine Man, The Times They Are a-Changin, So You Want To Be A Rock n Roll Star, Ballad Of Easy Rider, entre outras.

 

Ao final do show, ainda atenderam aos fãs, tirando fotos, autografando coisas ou apenas conversando. Sem dúvida alguma, uma atitude digna de quem já provou seu valor na história da música!TheByrds_SP.jpg (3)

 

ATENÇÃO!!!
Para postar um comentário sobre esse texto, você precisa fazer seu LOGIN no site.

Próximos Shows
Sem Eventos
Busca no site